de volta à rotina!

Infelizmente as férias por aqui já terminaram e não podiam ter corrido melhor. Por agora estou de volta ao trabalho e muito desejosa por voltar aos meus projetos e iniciar o meu mestrado. Para além disso, final das férias significa voltar à rotina e existem dois momentos do ano em que eu analiso toda a minha rotina diária e organizo os meus objetivos: No início do ano e no final das férias de Verão.

Mas porquê dar tanta importância a esta rotina diária?

Quando falo de rotina, por vezes tendemos a associar esta palavra a uma vida desmotivante e pouco emocionante – eu pensava assim – mas hoje em dia, considero que a nossa rotina diária é essencial para o nosso bem-estar. Isto porque, no meu caso, a minha rotina ajuda-me a organizar as minhas prioridades e permite-me maximizar o meu dia e o meu potencial, transmitindo conforto neste mundo agitado.

Parecendo que não, quando fazemos uma retrospetiva da nossa vida e de onde estamos a investir o nosso tempo, percebemos que muitas vezes desperdiçamos várias horas com coisas que não nos acrescentam nada, nem nos fazem mais felizes. Como tal, quando chego a estas alturas, em que organizo toda a minha rotina, objetivos e prioridades, existem algumas perguntas que são a chave para todo este processo:

1- O meu dia é produtivo?

Observar o nosso dia atual e perceber o que é que nos exige demasiado tempo e energia, é o primeiro passo para organizar toda a nossa rotina. Existem sempre coisas que podemos ajustar ou que nos ocupam demasiado tempo e que, quando organizadas, deixam espaço para novas atividades.

 

2- Qual a primeira coisa que faço de manhã?

É de manhã que se começa o dia, inclusivamente já tinha partilhado contigo a minha rotina matinal (AQUI), onde considero que acordar com tempo é a chave para começar um dia de uma forma mais calma, evitando o stress logo pela manhã.

3-Cuido de mim o suficiente?

Muitas vezes acabamos por nos esquecer da importância de cuidarmos de nós e devemos repensar se fazemos de tudo para nos sentirmos felizes e confiantes. O facto de cuidarmos de nós, está relacionado também com a nossa autoestima e amor próprio, não sendo possível negar a sua importância em relação ao nosso bem-estar.

Claro que quando falo de cuidar de mim, não me refiro a passar horas no SPA mas sim, em fazermos o que gostamos e nos faz sentir bem. No meu caso, adoro tirar tempo para meditar, tomar um banho relaxante e utilizar os meus produtos preferidos, ler um livro, estar no meio da natureza, praticar yoga, ir ao ginásio e alimentar-me de uma forma saudável.

4-Ando a dar a devida importância ao meu sono?

Eu sou uma verdadeira refém do meu sono e qualquer alteração afecta consideravelmente o meu dia-a-dia. Quando era mais nova, não tinha horários para dormir, ora deitava-me às 4 da manhã, ora dormia até às 14h da tarde e para mim era normal. Não fazia ideia que existia um ritmo circadiano e que dormir de noite ou de dia não tinha o mesmo impacto. A verdade é que quer durma menos/mais horas em relação às que efectivamente preciso, noto que para além das implicações óbvias no meu corpo, fico mais stressada, com menos paciência e tenho muitas dificuldades em me concentrar.

Por essa razão, hoje em dia não dispenso a preparação de uma boa noite de sono e como tal, durante a noite gosto de tomar um banho relaxante, ler um livro ou ver um filme, criar um ambiente com menos luz, utilizando apenas velas para ser mais relaxante como também, adoro acrescentar umas gotas de óleo essencial de lavanda nas almofadas e no difusor de óleos essenciais.

5-O que não pode faltar no meu dia-a-dia?

Por fim, faço um levantamento de tudo aquilo que quero manter e implementar na minha rotina diária e organizo a minha semana com o auxilio de um calendário/agenda. Noto que quando tenho menos atividades/trabalho/objetivos planeados para o meu dia, acabo por fazer ainda menos do que esperava, em contrapartida, quanto mais preenchido está o meu dia, mais produtiva sou. Aquilo que aprendi é que uma maior organização do nosso tempo, permite-nos maximizar o nosso dia!

Bom regresso*

Filipa

 

 


			

Write a Comment