muda o mês, mudam-se os hábitos!

Adoro a área da nutrição e sempre fui muito curiosa nesse âmbito. Acredito que aquilo que ingerimos tem um impacto imediato no nosso bem-estar, tanto a nível físico como psicológico.

Apesar de já ter experimentado várias dietas, umas mais restritivas que outras, hoje em dia não digo que tenho uma alimentação limitativa, mas sim cuidada, que me faz sentir bem e considero que o primeiro passo para uma alimentação saudável é controlarmos aquilo que temos em casa. Mesmo quando ainda não moramos sozinhos isso é possível, desde que tenhamos sempre alimentos saudáveis mas saborosos à mão.

Na verdade, aprendi este “truque” da pior maneira possível pois quando fui viver sozinha pela primeira vez, no que toca a alimentação, foi um desastre. Como não tinha o hábito de ter sempre opções saudáveis em casa, acabava por ir comprando quando estava cheia de fome e aqui entre nós, quando uma pessoa está com aquela fome incontrolável, tudo o que menos apetece comer é uma salada ou uma peça de fruta e queremos uma refeição consistente, rapidamente, optando muitas vezes por algo menos saudável, o que também não ajuda nada a nossa carteira.

Posto isto, para mim o inicio do mês é sempre uma óptima oportunidade para repensar na minha alimentação, nos alimentos que consumo e em encher a minha despensa com alimentos bons e saudáveis, que me permitam seguir a minha rotina alimentar, de uma forma equilibrada, sem grande esforço e principalmente que tenha snacks e opções saudáveis sempre à mão. Tenho sempre o cuidado de fazer compras conscientes e sigo algumas regras que me ajudam a manter a minha rotina alimentar:

Ler rótulos

Muitas vezes apenas olhamos para o título em grande presente na embalagem e somos muitas vezes “enganados”, pensando que estamos a consumir algo super saudável e natural, o que por vezes pode não ser verdade.

No meu caso, tenho sempre em atenção a presença ou não de açúcar (sacorose; glicose; maltose; frutose; e outros terminados em “ose”), a gordura, o sal (Cloreto de sódio,bicarbonato de sódio, fosfato dissódico, e tudo o que tem sódio ou sódico) e aditivos (Corantes, conservantes,espessantes/gelificantes/emulsionantes/estabilizantes etc, basicamente tudo o que tem E’s).

Andar sempre com snacks atrás.

Muitas vezes perguntam-me como é que consigo manter a minha alimentação controlada e a minha resposta imediata é: snacks. Quem me conhece sabe que ando sempre com comida atrás até porque, este é um truque para conseguires estar sempre saciada/o e assim evitar aquelas fomes incontroláveis. Para além disso, é um facto que não encontramos alimentos saudáveis em qualquer esquina e se os levares contigo, nunca há problema. O teu corpo agradece e a tua carteira também!

Encher a despensa de coisas saborosas mas saudáveis!

No inicio de cada mês, gosto sempre de encher a minha despensa com alguns essenciais para o mês todo e ao logo do mês, vou comprando peixe, legumes e fruta de modo a estarem sempre o mais frescos possível.

Ultimamente tenho experimentado alguns produtos da plataforma Prozis (vê tudo AQUI), que já não é só uma plataforma de suplementação desportiva mas sim, com várias opções para todos os gostos, incluindo uma gama mais natural e biológica, que sem dúvida superou as minhas expectativas. Para além disso, também há a vantagem de não termos de sair de casa e as encomendas chegam em 24h ou 48h no máximo, o que é bastante prático.

Entre todos os seus produtos, destaco 10, que são essenciais na minha despensa:

 

 

 

1. Organic Gluten Free Veggie Garden Crispbread – Ficam óptimas com ovos ou manteiga de amêndoa em vez do pão. ( 2,03 Euros)

 

 

 

2.Coconut Chips 100 g – Consumo como snack ou como topping e ADORO! (2.90 Euros)

 

 

 

3.Manteiga de Amêndoa 500g – Sou mega fã desta manteiga e tem a grande vantagem de ser 100% amêndoas e por isso, sem nada adicionado. (9,99 euros)

 

 

 

4.Curcuma – Considerado por alguns como um superalimento, a curcuma é essencial na minha despensa. Lê mais AQUI . (7,99 euros sendo que esta embalagem dura meses)

 

 

5.Barras Cruas – Muito prático para andarem sempre contigo e muito saborosas, as barras cruas são feitas com ingredientes naturais. Esta que te mostro aqui é apenas uma variedade mas existem inúmeros sabores e marcas diferentes.  (0,99euros)

 

 

 

6.Massa de feijão preto/soja – Apenas feita com feijão e água é uma óptima opção não só pela sua constituição como também pelo seu sabor e tempo de cozedura. Esta foi uma das minhas grandes descobertas deste mês, confesso. (2,99 euros)

 

 

7.Frutos secos – Acho que já todos nós conhecemos os frutos secos e os seus benefícios (podes saber mais AQUI ). Todos os dias levo frutos secos numa caixinha para ir comendo ao longo do dia, sendo um snack super saudável. (4,79 a 7,99 euros)

 

 

 

8.Óleo de coco – Este é sem dúvida um essencial na minha cozinha e utilizo-o para cozinhar como também como hidratante e sou FÃ!(9,99 euros sendo que esta embalagem dura meses)

 

 

 

9.Farinha de coco – A farinha de coco é a minha preferida, utilizo em bolos, massa de pizza, hambúrgueres vegetarianos e por ai adiante. (6,59 euros)

 

 

 

10. Leite de coco orgânico – Antes de mais, leite de coco é diferente de bebida de coco.O leite de coco, por ser mais consistente que a bebida de coco, utilizo na cozinha com inúmeras aplicações  como por exemplo, para substituir as natas e fica muito saboroso e saudável. (1,83 euros)

 

*Se gostares dos produtos podes utilizar o cupão FILIPAMALO e tens 10% de desconto em todos os artigos (até dia 31 de outubro, em compras de 50 euros, ainda recebes uma manteiga de amêndoa grátis)

 

Espero que gostes 🙂

 

Filipa

 

 

Write a Comment