p&r- a minha alimentação

Hoje trago-te um post diferente. Esta semana convidei-vos a fazerem todas as perguntas que quisessem para um post sobre Perguntas&Respostas e curiosamente, para mim, grande parte delas eram sobre a minha alimentação. Como tal, hoje dedico este post a todas as vossas dúvidas, curiosidades e muito obrigada por toda a vossa ajuda e carinho que tanto  me enche o coração.

És vegetariana?

Não, eu como peixe e ovos apesar de evitar a carne e lacticínios ao máximo.

Porque decidiste alterar a tua alimentação?

Sinceramente, esta alteração não foi imediata mas sim um processo. Posso dizer  que existiu um ponto de viragem, quando fui morar sozinha pela primeira vez, pois  acabava por comer muita comida processada, pré-feita e consequentemente esse tipo de alimentação revelou-se no meu corpo e não me sentia bem. Entre várias dietas, umas mais restritas que outras, fui encontrando o meu equilíbrio e aquilo que funciona melhor comigo e que me proporciona um maior bem-estar. Acredito que a comida não pode ser o nosso único foco e estarmos constantemente a pensar em calorias e em dietas  pode ser muito prejudicial para nós, pelo menos para mim foi. Por isso, hoje em dia sigo uma dieta ou estilo de vida, baseado nos benefícios de cada alimento e numa alimentação que me faz sentir bem e equilibrada.

Nem sempre consigo lidar comigo mesma, quando como alguma coisa que não devia. Também fazes asneiras?

Não gosto de chamar “asneira” a um alimento, por pior que ele seja. Existem sim muitos alimentos, uns mais processados que outros, que não me fazem tão bem mas que de vez em quando, “me sabem pela vida” e sinceramente, acho que esses momentos também são importantes para o nosso equilíbrio. Também já experienciei essa culpa quando comemos algo que sentimos que não devíamos e já me massacrei muito por isso, até chegar a um ponto que estava obcecada com as minhas refeições, evitava jantar fora e tinha desejos incontroláveis porque não me permitia fazer as tais “asneiras” de vez em quando. Todos este sentimentos negativos não me fizeram bem e foi ai que pensei que não podia ver a comida como um inimigo. A partir do momento que o meu objectivo é nutrir o meu corpo da melhor forma possível,  comer alimentos saudáveis, biológicos quando possível, evitar tudo o que é processado e açúcares refinados, são regras que passaram a fazer parte da minha rotina naturalmente e acredito que quando a nossa base é estável, uma “asneira” aqui e ali não faz mal a ninguém, pelo contrário.

Quando mudaste a tua alimentação, notaste alguma alteração na tua pele?

Posso dizer que notei uma alteração tanto na pele, ficou mais bonita, hidratada e com muito menos borbulhas, como na minha imunidade, no meu corpo e no meu bem-estar físico e psicológico.

Para a universidade o que levas?

Quem me conhece sabe que ando sempre com a lancheira atrás. Para a universidade  costumo levar todas as minhas refeições, ou seja, meio da manhã, almoço e lanche. Uma regra que tenho é nunca sair de casa sem tomar um bom pequeno almoço.

Que snacks levas sempre contigo?

Frutos secos, coco desidratado, barras cruas, iogurte de coco/soja, bebida de coco e fruta (vou variando)

O que comes pré e pós treino?

Sinceramente não tenho nenhuma regra específica, até porque nem sempre faço o mesmo tipo de exercício físico. Neste momento pratico yoga e ginásio,que são formas de exercitar o nosso corpo, muito distintas.

Antes da prática do yoga costumo comer algo leve como uma banana ou uns frutos secos. Quando vou ter um treino mais intenso no ginásio, costumo comer uma banana com uma fonte de proteína, como um iogurte de soja por exemplo.

Como pós-treino costumo comer uma fonte de proteína, normalmente um ovo cozido, a não ser que vá almoçar ou jantar a seguir. Se for esse o caso, para além do peixe, ovo ou tofu,  aposto também nas leguminosas, porque têm uma maior quantidade de aminoácidos, que são os constituintes da proteína.

Qual é a refeição que consideras mais importante?

Para mim é o pequeno-almoço. Quando não consigo tomar um bom pequeno-almoço noto que tenho mais fome e menos energia durante todo o dia,o que acaba por influenciar um meu equilíbrio. Um bom pequeno almoço para mim é sagrado.

Quantas refeições fazes por dia?

Tenho sempre o cuidado de não ficar muito tempo sem comer e costumo comer de 3/3 horas. Como tal, faço as refeições principais, pequeno-almoço, almoço e jantar e ao longo do dia vou comendo os meus snacks. Só depois do jantar, se ficar por casa,é que tento não comer mais nada porque o meu corpo já não precisa.

Tomas suplementação?

O único suplemento que tomo neste momento é o Omega3 mas no inverno também costumo tomar Vitamina D.

Espero ter respondido a tudo*

Filipa

 

 

 

Write a Comment